Volume 4, número 2


Esta publicação é licenciada pela Creative Commons
(CC BY-NC-SA 3.0)

Instruções aos Autores

Os materiais submetidos para publicação devem ser inéditos e não devem estar sob análise para fins de publicação em nenhum outro periódico. Os artigos escritos em português devem obedecer à ortografia oficial. Quando originários de instituições estrangeiras, poderão ser publicados em inglês, na forma em que forem enviados.

O material submetido para apreciação é encaminhado aos editores que fazem uma revisão inicial quanto aos padrões obrigatórios do Jornal Brasileiro de TeleSSaúde e ao atendimento de todas as normas técnicas requeridas para envio dos originais. Em seguida, o material é submetido a dois revisores especialistas na área pertinente. No decorrer de todo o processo são adotados o sigilo e o anonimato para autor(es) e revisor(es).

As opiniões expressas nos artigos, inclusive as alterações feitas pelos editores, são de responsabilidade única dos autores.


Tipos de trabalhos científicos aceitos para submissão

Artigos Originais: Até 10 autores*

Novas informações de interesse relacionadas à pesquisa experimental, aplicações (assistência ou educação), desenvolvimento ou suporte em telemedicina e telessaúde. Deve ser composto por Introdução, Objetivo, Metodologia, Resultados, Discussão e Conclusão. Devem cumprir os seguintes requisitos:

  1. Palavras: até 5000, excluindo referências bibliográficas, tabelas e figuras.
  2. Referências: até 20.
  3. Tabelas/Figuras: até 8. No caso de figuras compostas por partes, estas serão consideradas individualmente.
  4. Resumo/Abstract: até 200 palavras. Devem conter os itens: Objetivo, Materiais e Métodos, Resultados e Conclusão (Abstract: Aims, Materials and Methods, Results and Conclusion).
  5. Palavras-chave/Keywords: De 3 a 6 keywords, preferencialmente de acordo com os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) ou com o Medical Subject Headings (MeSH) da National Library of Medicine (http://www.nlm.nih.gov).

Artigos de Revisão: Até 6 autores*

São artigos de síntese de assuntos bem estabelecidos, com análise crítica da bibliografia consultada e conclusões. Devem cumprir os seguintes requisitos:

  1. Palavras: até 4000, excluindo referências bibliográficas, tabelas e figuras.
  2. Referências: até 50.
  3. Tabelas/Figuras: até 16. No caso de figuras compostas por partes, estas serão consideradas individualmente.
  4. Resumo/Abstract: até 200 palavras. Os resumos não devem ser divididos em itens. Referências não devem ser citadas nos resumos dos trabalhos.
  5. Palavras-chave/Keywords: De 3 a 6 keywords, preferencialmente de acordo com os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) ou com o Medical Subject Headings (MeSH) da National Library of Medicine (http://www.nlm.nih.gov).

Relatos de Experiências: Até 6 autores*

Breve discussão de uma experiência com características singulares de interesse para a temática. Deve ser composto por introdução, relato da experiência, discussão e comentários finais. Devem cumprir os seguintes requisitos:

  1. Palavras: até 700, excluindo referências bibliográficas, tabelas e figuras.
  2. Referências: até 8.
  3. Tabelas/Figuras: até 4. No caso de figuras compostas por partes, estas serão consideradas individualmente.
  4. Resumo/Abstract: até 60 palavras. Os resumos devem estabelecer: a) O que foi feito; b) qual foi o achado; c) qual foi a conclusão. Estas informações não devem ser divididas em itens. Referências não devem ser citadas nos resumos dos trabalhos.
  5. Palavras-chave/Keywords: De 3 a 6 keywords, preferencialmente de acordo com os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) ou com o Medical Subject Headings (MeSH) da National Library of Medicine (http://www.nlm.nih.gov).

Resumo de Teses: Até 4 autores*

Deverão conter o mesmo conteúdo do resumo da dissertação/tese apresentada a uma Universidade. Devem ser compostos por Introdução, Objetivos, Materiais e Métodos, Resultados e Conclusões. Não há revisão do texto dos Resumos de Teses. Lembramos que a publicação do resumo não impede a posterior publicação do trabalho completo em qualquer periódico. Devem cumprir os seguintes requisitos:

  1. Palavras: até 500.
  2. Resumo/Abstract: até 60 palavras. Os resumos devem estabelecer: a) O que foi feito; b) qual foi o achado; c) qual foi a conclusão. Estas informações não devem ser divididas em itens. Referências não devem ser citadas nos resumos dos trabalhos.
  3. Palavras-chave/Keywords: De 3 a 6 keywords, preferencialmente de acordo com os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) ou com o Medical Subject Headings (MeSH) da National Library of Medicine (http://www.nlm.nih.gov).
  4. Nome completo do(s) autor(es) e do(s) orientador(es).
  5. Certificado de aprovação pelo programa de pós-graduação.

*Um número maior de autores será considerado apenas para trabalhos de excepcional complexidade ou multicêntricos. Neste caso, será preciso enviar carta à Secretaria Editorial descrevendo a participação de cada autoria no trabalho.


Outras Seções

Cartas ao Editor: Até 6 autores

Críticas a matérias publicadas, de maneira construtiva, objetiva e educativa. As discussões de assuntos específicos serão publicadas a critério dos editores.

  • Palavras: até 500.

Editorial

Poderá ser escrito pelos Editores ou solicitados, pelos Editores, a especialistas da área. Os assuntos de caráter político deverão ser aprovados pelo Conselho Editorial.


Regras Gerais Para Artigos Científicos

Normas Gerais

É obrigatório o envio de carta de submissão (digital ou via Correios) assinada por todos os autores. Nessa carta, os autores devem:

  1. Referir que o artigo é original, nunca foi publicado e não foi ou não será enviado a outra revista enquanto sua publicação estiver sendo considerada pelo Jornal Brasileiro de TeleSSaúde.
  2. Declarar que participaram da concepção do projeto e/ou análise dos dados obtidos e/ou da redação final do artigo e que todos concordam com a versão enviada para a publicação.
  3. Citar que não foram omitidas informações a respeito de financiamentos para a pesquisa ou de ligação com pessoas ou companhias que possam ter interesse nos dados abordados pelo artigo.

Transferência de Direitos Autorais

No momento da aceitação do manuscrito para publicação, todos os autores devem enviar carta de autorização da transferência de direitos autorais na qual reconhecem que o Jornal Brasileiro de TeleSSaúde passa a ser detentor dos direitos autorais do trabalho. O artigo só será publicado após o recebimento desta carta.

Normas Detalhadas

O conteúdo completo do artigo deve obedecer aos "Requisitos Uniformes para Originais Submetidos a Revistas Biomédicas", publicado pelo Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas (disponível em http://www.icmje.org). Tabelas e figuras devem ser encaminhadas em páginas separadas, numeradas em algarismos arábicos, colocadas ao final do texto, conter o título e as notas de rodapé. Mesmo preparados e submetidos a essas recomendações, os artigos serão editados em conformidade com o estilo da revista.

Página de Rosto

Deve conter:

  1. Título do artigo em português, que deve ser conciso, explicativo e representar o conteúdo do trabalho, evitando abreviaturas e indicação do local e da cidade onde o estudo foi realizado, exceto quando isso for essencial para a compreensão das conclusões.
  2. Título do artigo em inglês.
  3. Nome COMPLETO de cada um dos autores acompanhado de titulação mais importante de cada autor e a instituição de ensino, pesquisa ou assistência à qual pertence (com cidade, estado e país).
  4. Autor correspondente: definir o autor correspondente e colocar endereço completo (endereço com CEP, telefone, fax e, obrigatoriamente, endereço eletrônico).
  5. Instituição: declarar a instituição de ensino, pesquisa ou assistência na qual o trabalho foi realizado.
  6. Declaração de conflito de interesse: descrever qualquer ligação de qualquer um dos autores com empresas e companhias que possam ter qualquer interesse na divulgação do manuscrito submetido à publicação. Se não houver nenhum conflito de interesse, escrever "nada a declarar".
  7. Fonte financiadora do projeto: descrever se o trabalho recebeu apoio financeiro, qual a fonte (por extenso) e o número do processo.
  8. Número total de palavras: no texto (excluir página de rosto, resumo, abstract, agradecimento, referências, tabelas, gráficos e figuras), no resumo e no abstract. Colocar também o número total de tabelas, gráficos e figuras e o número de referências.

Resumo e Abstract

Deve ser estruturado de acordo com a categoria da publicação:

  1. Artigo Original: até 200 palavras. Deve conter as seções: Objetivo (Aims), Materiais e Métodos (Materials and Methods), Resultados (Results) e Conclusão (Conclusion), descritas a seguir:
    • Objetivo (Aims): Descreva a hipótese testada ou procedimentos avaliados.
    • Materiais e Métodos (Materials and Methods): Descreva brevemente o que foi feito e os materiais utilizados, inclusive o número de pacientes, os métodos utilizados para avaliação dos dados e para evitar o viés.
    • Resultados (Results): Cite os achados do estudo, inclusive indicadores de significância estatística. Números reais e porcentagens devem ser incluídos.
    • Conclusão (Conclusion): As conclusões baseadas nos achados devem ser resumidas em uma ou duas sentenças.
  2. Artigo de Revisão: Até 200 palavras. Devem sintetizar o conteúdo do artigo, que não deve ser dividido em itens.
  3. Relato de Experiências: Até 60 palavras. Os resumos devem abranger: a) o que foi feito; b) qual foi o achado; c) qual foi a conclusão. Estas informações não devem ser divididas em itens.

Lembramos também que:

  • Para o título em inglês e o abstract, é importante obedecer as regras gramaticais da língua inglesa. A revista se reserva o direito de proceder as modificações necessárias.
  • Não usar abreviaturas.
  • Referências não devem ser citadas nos resumos dos trabalhos.

Palavras-chave e Keywords

Devem ser listadas abaixo dos resumos, de acordo com a categoria de publicação e em conformidade com os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) ou com o Medical Subject Headings (MeSH) da National Library of Medicine (http://www.nlm.nih.gov/).

Texto

Os Artigos Originais devem ser divididos em seções, com os itens: Introdução, Materiais e Métodos, Resultados, Discussão e Conclusão, descritos a seguir:

  • Introdução e Objetivos: Descreva brevemente a relevância do tema, a justificativa para a pesquisa e o(s) objetivo(s) específico(s) para o artigo em submissão.
  • Materiais e Métodos: Descreva o plano de pesquisa, os materiais (ou pacientes) e os métodos utilizados, nesta ordem. Explique em detalhes como a pesquisa foi confirmada e como a subjetividade das observações foi controlada. Para garantir o anonimato no processo de revisão, o nome da Instituição onde o trabalho foi realizado e os nomes dos autores ou suas iniciais não devem ser mencionados.
  • Resultados: Apresente os resultados em seqüência lógica e clara. Se forem utilizadas tabelas, não duplique os dados tabulares no texto, mas descreva as tendências e pontos importantes.
  • Discussão: Descreva as limitações do plano de pesquisa, materiais (ou pacientes) e métodos, considerando o objetivo e os resultados do estudo. Quando os resultados forem diferentes de resultados obtidos em estudos anteriores, justifique a discrepância. Inclua as referências.
  • Conclusão: Quando for o caso, descreva em sentenças resumidas.

As demais categorias de publicação possuem formatação livre.

Tabelas, Gráficos e Ilustrações

Cada tabela, gráfico e/ou ilustração será enviado separadamente pelo sistema.

Os locais sugeridos para a inserção de tabelas, gráficos e ilustrações, segundo sua ordem de aparição, deverão estar assinalados no texto. As tabelas, quadros e figuras devem apresentar um título breve e serem numerados consecutivamente com algarismos arábicos, conforme a ordem em que forem citados no texto. As tabelas devem apresentar dado numérico como informação central. As notas explicativas devem ser colocadas no rodapé da tabela, com os símbolos na sequência. Se houver ilustração extraída de outra fonte, publicada ou não, a fonte original deve ser mencionada abaixo da tabela.

Todas as tabelas, gráficos e ilustrações devem ter legendas (legenda e fonte quando extraído de obra publicada). É essencial que a legenda descreva todas as características constantes do objeto ilustrado.

As ilustrações devem ser limitadas às necessidades para mostrar as características essenciais descritas no manuscrito. É preferível que cada ilustração apresente apenas a(s) área(s) de interesse, com suficiente área ao redor para fins de orientação. É essencial indicar todas as características descritas na legenda, utilizando-se identificadores diferentes para cada característica (não se deve utilizar triângulos eqüiláteros como setas). Os identificadores devem ser aplicados diretamente sobre a figura. No caso de mais de uma ilustração pertencer a um mesmo objetivo, deve-se agrupá-las sob uma mesma legenda e identificá-las por letras (A, B, C, etc.).

Para tabelas e gráficos, usar preferencialmente arquivos dos softwares Word ou Excel. Para outras ilustrações (figuras, mapas, gravuras, esquemas e fotos em preto e branco), encaminhar obrigatoriamente arquivos com extensão PNG ou JPG. Para "escanear" as ilustrações e/ou fotos, selecionar 300 DPI de resolução, nos modos de desenho ou grayscale, sem exceder o limite de 10 Mb.

Unidades e Abreviaturas

As unidades e abreviaturas deverão atender as recomendações da Associação Brasileira de Normas Técnicas.

Abreviaturas e siglas devem ser evitadas. Nunca usá-las no título do artigo e preferentemente não usá-las no resumo. Quando incluídas no texto, devem ser descritas por extenso na primeira menção e seguidas pela abreviatura ou sigla entre parênteses.

Referências Bibliográficas

Devem ser numeradas e ordenadas segundo a ordem de aparecimento no texto. As citações serão identificadas no texto por suas respectivas numerações sobrescritas. Para apresentação das referências, devem ser adotados os critérios do International Committee of Medical Journal Editors, também conhecido como estilo Vancouver. Os autores devem consultar Citing Medicine, The NLM Style Guide for Authors, Editors, and Publishers (http://www.ncbi.nlm.nih.gov/bookshelf/br.fcgi?book=citmed) e "Sample References" (http://www.nlm.nih.gov/bsd/uniform_requirements.html) para informações sobre os formatos recomendados.

Exemplos:

  • Artigos em periódicos: Dupont W, Page D. Risk factors for breast cancer in women with proliferative breast disease. N Engl J Med. 1985;312:146-51.
    Obs.: Quando houver mais de seis autores, citar os seis primeiros nomes seguidos de et al.
  • Capítulos de livros: Swain SM, Lippman ME. Locally advanced breast cancer. In: Bland KI, Copeland EM. The Breast. Comprehensive management of benign and malignant diseases. Philadelphia: WB Saunders; 1991. p. 843-62.
  • Livros: Hughes LE, Mansel RE, Webster DJT. Benign disorders and diseases of the breast. Concepts and clinical management. London: Baillière-Tindall; 1989.
  • Trabalhos apresentados em evento: Christensen S, Oppacher F. An analysis of Koza's computational effort statistic for genetic programming. In: Foster JA, Lutton E, Miller J, Ryan C, Tettamanzi AG, editores. Genetic programming. EuroGP 2002: Proceedings of the 5th European Conference on Genetic Programming; 2002 Apr 3-5; Kinsdale, Ireland. Berlin: Springer; 2002. p. 182-91.
  • Trabalhos de autoria de entidade: American Medical Association. Mammographic criteria for surgical biopsy of nonpalpable breast lesions. Report of the AMA Council on Scientifi c Affairs. Chicago: American Medical Association; 1989. p. 9-20.
  • Teses e dissertações: Borkowski MM. Infant sleep and feeding: a telephone survey of Hispanic Americans [dissertation]. Mount Pleasant (MI): Central Michigan University; 2002.
  • Artigos de periódico em formato eletrônico: Zimmerman RK, Wolfe RM, Fox DE, Fox JR, Nowalk MP, Troy JA et al. Vaccine criticism on the World Wide Web. J Med Internet Res. 2005;7(2):e17. http://www.jmir.org/2005/2/e17/. Acesso: 17/12/2005.

Nota: Dados não publicados e comunicações pessoais não devem ser incluídos na lista de referências, mas podem ser citados no texto entre parênteses: (Smith DJ, comunicação pessoal), (Brown AC, dados não publicados). Estes dados incluem trabalhos submetidos, mas ainda não-aceitos para publicação.


Outras Instruções

O Jornal Brasileiro de TeleSSaúde não aceita material editorial com objetivos comerciais.

  • Conflito de interesses: Devem ser mencionadas, com total clareza, a presença de parcerias público-privadas, o apoio por agências de fomento a pesquisa e a associação com outros grupos internacionais para o desenvolvimento da pesquisa.
  • Comitê de Ética em Pesquisa: Trabalhos que relatem pesquisas realizadas em seres humanos devem vir acompanhados de autorização do Comitê de Ética em Pesquisa da Instituição e, por conseguinte, do registro na Plataforma Brasil que é a base nacional unificada de registros de pesquisas envolvendo seres humanos para todo o sistema CEP/CONEP.
  • Termo de consentimento livre e informado: Artigos que tratem de pesquisa clínica com seres humanos devem incluir a declaração de que os participantes assinaram o Termo de Consentimento Livre e Informado.
  • Agradecimentos: Devem ser mencionados colaborações de pessoas, instituições ou agradecimentos por apoio financeiro e auxílios técnicos que mereçam reconhecimento, mas não justificam a sua inclusão entre os autores.


Instruções para submissão online

Os artigos devem ser submetidos on-line mediante a sessão "acesso". Nela, faça seu cadastro, clique no botão "submeter à publicação" e preencha o formulário de acordo com o passo-a-passo a seguir:

  1. Enquadre o material em uma das categorias de publicação;
  2. Inserir as imagens, tabelas e legendas;
  3. Cadastrar autores e co-autores;
  4. Cadastrar títulos e palavras-chave em inglês e português;
  5. Inserir resumos em inglês e português, nome da instituição; endereço para correspondência, suporte financeiro e carta ao editor (opcional);
  6. Montar o texto do manuscrito propriamente dito no sistema;
  7. Imprimir o termo de copyright;
  8. Rever manuscrito montado, corrigir eventuais problemas e finalizá-lo clicando em "finalizar submissão". Feito isso, aguarde nossa confirmação de recebimento por e-mail;

Importante:

  1. Confirmação da submissão: O autor receberá uma mensagem por e-mail confirmando o recebimento do material. Em casos de não recebimento da confirmação em até 24 horas, o autor deverá entrar em contato com a secretaria editorial através do e-mail: jornal@telessaude.uerj.br.
  2. O acompanhamento do fluxo editorial do arquivo poderá ser feito pelo site, mediante login e senha, na seção "Acesso".
  3. Caso seja requerida uma nova versão do arquivo, esta deverá ser enviada mediante o botão "submeter nova versão" presente na seção "Acesso".
  4. A publicação efetiva de qualquer material estará vinculada ao recebimento de seu termo de cessão de direitos assinado por todos os seus autores e co-autores. Tal termo será solicitado ao autor, por e-mail, no momento da aprovação e deverá ser impresso e enviado por fax ou e-mail ao Jornal Brasileiro de TeleSSaúde.